[Filme] Procurando Dory

17 de jul de 2016
























   Meus primos vieram passar a noite de sábado aqui em casa, e a gente sempre faz alguma coisa juntos. Nos reunimos para decidir o que faríamos e um deles propôs que assistíssemos ao filme Procurando Dory.

    O filme foi lançado no dia 30 de junho desse ano aqui no Brasil e teve como diretor Andrew Staton, o mesmo que dirigiu o filme Wall·E, que foi um grande sucesso. Confira a sinopse:

"Um ano após ajudar Marlin (Albert Brooks) a reencontrar seu filho Nemo, Dory (Ellen DeGeneres) tem um insight e lembra de sua amada família. Com saudades, ela decide fazer de tudo para reencontrá-los e na desenfreada busca esbarra com amigos do passado e vai parar nas perigosas mãos de humanos."

   Procurando Nemo é um filme que todos gostam, e que fez muito sucesso quando lançado. Todos lembram da Dory porque ela trouxe uma boa dose de descontração ao filme. Gente, eu aprendi falar baleiês com ela. Por isso quando fiquei sabendo que fariam um filme onde agora ela seria a protagonista, fiquei muito animada e apreensiva ao mesmo tempo. 

   Animada por que se no primeiro filme ela já fez sucesso estando em segundo plano, imagine o que ela faria em um filme só  para ela.  E apreensiva porque já vi inúmeras vezes filmes sendo estragados por continuações ruins, que não chegavam nem perto dos primeiros filmes. Acho que as vezes o dinheiro acaba cegando os produtores fazendo com que ele busquem cada vez mais dinheiro sem levar em conta a qualidade do roteiro. Mas graças a Deus isso não acontece com esse filme.  

   No começo do filme a gente vê a cena da Dory quando pequena. Ela era toda engraçadinha e bonitinha, com aquela perda de memória recente que só fazia com que ela ficasse mais fofa ainda. 








                                                                                                                                                                       Achei super legal essa troca que eles fizeram em que no primeiro filme, o pai sai em busca do filho, e agora a filha sai em busca dos pais. No decorrer do filme, Dory começa a ter flashbacks que nos apresentam fragmentos do seu passado, e juntamente com ela, vamos aos poucos desvendando o mistério que envolve seus pais. 

  A princípio, o pai do Nemo não gosta da ideia de enfrentar o mar aberto mais uma vez só porque agora a Dory lembrou que tem pai e mãe, e isso acaba causando um conflito, o que deixa o filme mais interessante ainda. 
   
  Segundo CinePop, o filme estreou nas bilheterias norte-americanas quebrando recordes. Em apenas três semanas o filme atingiu US$ 600 milhões nas bilheterias mundiais. Nos EUA, Procurando Dory, ultrapassou o arrecadado por Capitão América: Guerra Civil.

  Se você ainda não assistiu ao filme, não deixe de conferir. O roteiro está bem estruturado, a produção está impecável e a dose de humor está garantida. Sem contar que se você não assistir, não vai ficar  sabendo a origem da famosa música Continue a Nadar.





13 comentários :

  1. Assisti e também gostei! Amei a Dory pequenina! E também eu me identifico muito com ela por causa da perda de memória recente kkkkkkkk
    bjs

    Amor por Livros

    ResponderExcluir
  2. Ah, tem sorteio lá no blog! Bora participar?

    Amor por Livros

    ResponderExcluir
  3. Oi Pri!
    Eu assisti esse filme e quero ver mais e mais. Teve cenas que eu chorei, ri e amei ainda mais a Dory. rs Adorei as curiosidades e o porque dela fazer certas coisas, como o que você citou: a música continue a nadar. Sem dúvidas é um filme pra todas as idades, mesmo que muitos achem que não. rs
    Beijos

    www.lendoeapreciando.com

    ResponderExcluir
  4. Olá Priscila,
    Adorei sua resenha do filme. Estou bem ansiosa el relação a essa história, pois acho que me encantará de todas as formas. Serei uma velha chorando no cinema. Acho que o início com a Dory pequenina deve ser incrível.
    Fiquei mais ansiosa ainda.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  5. Oi Pri
    Tava qrendo levar o Arthur, mas sei que ele n ficaria quieto no cinema
    Vou esperar passar em um dos Telecines e ver se ele assiste!

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Resenha ficou ótima, até porque o filme é maravilhoso, né?! Fiquei super animada quando estava lançando, e corri desesperadamente pros cinemas *-* Amei <3

    www.leitorasvorazes.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá Priscila
    Ainda não vi o filme mas quero muito ver pois gostei demais do primeiro e a Dory é um personagem bem carismático. Gostei de saber que o filme é bom de verdade.
    abraços
    Gisela
    www.lerparadivertir.com

    ResponderExcluir
  8. Eu adoro esse filme.
    Assisti esses dias e amei
    Beijos.

    Les Jours de Marcela

    ResponderExcluir
  9. Oii Pri!
    Eu estou super ansiosa para ver esse filme, tenho uma quedinha por filmes infantis, e a Dory é puro amor né? <3

    Beijos,
    Ana | Blog Entre Páginas
    www.entrepaginas.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Priscila!
    O filme é lindo mesmo! Não resisti e já fui duas vezes de tanto amor! É tão cheio de sentimentos, não tem como não amar ainda mais a Dory <3
    Com certeza vou comprar quando sair em dvd.
    Beijos
    www.blogleituravirtual.com

    ResponderExcluir