Flor de Cerejeira - Alana Gabriela

24 de jul de 2016



Título: Flor de Cerejeira
Autora: Alana Gabriela
Páginas: 315

Sinopse:
"Yoko sempre teve uma vida relativamente boa e estável, participava da organização do Festival Cherry Blossom, tinha amigos com quem contar na escola, tocava violino e estava treinando para fazer parte da orquestra da Juventude de Macon quando tudo começou a dar errado. Seu pai se envolveu num grave acidente, que acabou matando um pai de família e, foi parar na prisão. Sem a referência paterna, e com todos os problemas financeiros que se acumulam, o distanciamento da mãe, Naomi, que está a cada dia mais se afundando em trabalho, Yoko vê o que sobejou, de sua família, totalmente desestruturado. Em meio à dor da perda, Yoko conhece Aidan Hirsch, um garoto que parece tão desestruturado quanto ela, taciturno e solitário, e que é capaz, acima de tudo, de não julgar, simplesmente ouvir. Aos poucos, um sentimento singelo e inefável ganha forma, surgindo uma história delicada de autoconhecimento, arrependimento, culpa e superação que poderá mudar a vida desses adolescentes se assim escolherem."

Quando eu vi esse livro pela primeira vez fiquei extasiada para inciar a leitura, até parecia que tinha algo dentro de mim dizendo que eu iria gostar muito dele. A Alana está de parabéns pelo trabalho realizado com os personagens, foi uma leitura maravilhosa.

O livro já começa contando um episódio que envolve e afeta de forma quase que definitiva a vida da Yoko. Seu pai está sendo julgado por ter atropelado um homem enquanto dirigia bêbado e ainda por cima ter fugido sem prestar socorro. O homem veio a falecer e agora Yoko se vê em uma situação que nunca pensou que estaria. Não é possível você ler a história dela sem ao menos se colocar no lugar da protagonista. Eu fiquei me imaginando no lugar da Yoko, como as coisas mudariam se fosse o meu pai no lugar do dela. A dor da separação, o medo do que poderia vir acontecer a ele, os olhares das pessoas dirigidos a nós, familiares, e claro, o sentimento de culpa por alguém ter perdido um ente querido por meio de uma pessoa que amamos.


"- . . . cinco anos de prisão. . . o réu . . .
Após ouvir cinco anos entrei num pseudo colapso emocional naquele mesmo momento e mal pude me segurar, cinco anos seria muito tempo para eu poder suportar. As lágrimas correram pelo meu rosto de uma forma horrível, grotesca e desesperada.[...]"


Aquela menina meiga e doce dá lugar agora a uma menina que se sente sozinha, que sofre agressões na rua, que passa dificuldades. Ela não dorme direito há mais de três meses, as pessoas que julgava serem amigos de verdade, simplesmente a abandonaram apos esse episódio. Yoko se vê agora sozinha, sendo odiada por pessoas que antes a "amavam", sofrendo por algo que não fez, tendo de lidar com a nova situação financeira em que sua mãe é o pilar da casa. Tudo o que ela fazia, conhecia, adorava foi destruído, e para uma adolescente ter de passar por isso, pode-se dizer de passagem, que é algo complicado. 

Ela estuda na Howard High School, e como ela não tem mais amigos só lhe resta focar nos estudos, o que de certa forma é uma coisa boa, pois suas notas até melhoraram. Um dia na aula de geometria, onde agora ela se vê obrigada a se sentar no fundo da sala para evitar os olhares de desprezo que recebe a cada dia, mesmo tendo passado cinco meses do acidente, ela acaba sentando ao lado de um garoto.

"Ele é silencioso e quase nunca interage com a turma. Não é um reflexo meu, ele já era assim antes mesmo dessa história de pai assassino vir à tona. Ele sempre está na dele com seu jeito taciturno, solitário e estranho. (...) As pessoas não falam com ele e ele parece não se importar com isso, pois não interage com ninguém na verdade."

Quando todos estão acomodados em suas carteiras a aula começa. A professora, Sra. Akzon, pede para que duplas sejam formadas para desenvolverem um trabalho de geometria. É claro que a Yoko acaba tendo que fazer dupla com esse garoto, Aidan. 

Não vou entrar em detalhes quanto a história a partir desse ponto porque acredito que será muito melhor descobrir determinadas coisa no decorrer da leitura. Gostei muito do Aidan, acho bacana quando aparece algum personagem misterioso porque assim, entro na onda de tentar descobrir mais sobre ele junto com os personagens da história.

Yoko para mim é uma das personagens mais fofas que eu li nesse ano, e foi muito bom acompanhar o amadurecimento dela e de outros personagens também. Acredito que se você se permitir conhecer um pouco mais da história dessa jovem, você não irá se arrepender.

21 comentários :

  1. Olá, Priscila.
    Eu amei esse livro também. A Alana é ótima. Ela criou uma história linda, que nos envolve e nos faz ver o outro lado da tragédia, da família do culpado. E tem tudo a ver Cerejeira nessa época hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Sil, a gente tem a oportunidade de ver os vários lados la história.

      Excluir
  2. Oi, Prii...
    Esse livro realmente está maravilhoso, confesso que no começo achei que não iria curtir a leitura, mas ainda bem que estava errada.
    Sua resenha ficou ótima.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, aconteceu isso comigo também. Eu sempre continue a leitura um pouco mais porque as vezes acontece exatamente isso né.
      Beijos

      Excluir
  3. Oi, Pri!
    Eu amei essa livro da Alana. Achei ele tão singelo, mas tocante ao mesmo tempo.
    Dá vontade de pegar a Yoko e protege-la
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Luh, as coisas que aconteceram com ela né faz com que a gente desenvolva esse sentimento de proteção mesmo.
      Beijos

      Excluir
  4. Oi Priscila!
    Linda resenha, este livro tem uma sinopse linda, me apaixonei!
    Não conhecia, mas pelo visto tudo nele tem a capacidade de conquistar, a começar por esta capa fantástica! Sei lá, só de olhar, ele me parece ser tão... mágico!
    Fiquei muito curiosa, e parabéns pela resenha!!!
    Beijos
    www.blogleituravirtual.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Pri! A história parece ótima e eu achei esta capa ao mesmo tempo intrigante e encantadora, dando um pano de fundo ótimo para o que você citou na resenha. Aidan? Já gostei e quero descobrir seus mistérios.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  6. Oi Priscila,
    Eu gosto tanto da Alana, queria poder ler algum livro dela, mas sempre estou com leituras atrasadas, rs.
    Essa capa e título já me agradam e a premissa tem tudo para ser um dos meus favoritos!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Priscila, já ouvi falar desse livro. Quem sabe acabo dando uma chance.
    Boa resenha.
    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Oi, Priscila!
    Já li muitas resenhas positivas sobre esse livro!Cada vez fico mais curiosa para conhecer a a personagem!

    Beijos,
    Elidiane - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Amo ler também... Ótima indicação!
    Simplesmente Princesa
    Bjnhs e sucesso sempre 💛

    ResponderExcluir
  10. Olá! Adorei a capa, muito linda e chamativa <3 A história parece ser muito boa, fiquei com vontade de ler!

    Beijinhos,

    Beatriz - Blog Escrevendo Mundos

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem? Minha mãe leu esse livro e amou, então acho que vou gostar muito também quando ler. Adorei sua resenha e minha curiosidade só aumentou!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  12. Adorei a resenha, o livro parece ser muito lindo. Você escreve muito bem <3 bjos!

    BLOG LITERÁRIO 2

    ResponderExcluir
  13. Amei a resenha e já quero ler o livro <3

    Beijos!

    Les jours de Marcela

    ResponderExcluir
  14. Oi Pri,
    Estou muito curiosa para ler esse livro, ultimamente só vejo elogios sobre ele.
    Dica anotada aqui.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  15. Nossa, que resenha fofa! Esse livro já está na minha lista, estou muito ansiosa para ler, penso que será uma ótima leitura!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi, Pri! Amei o seu blog, tô seguindo aqui, viu? /^-^/
    Que resenha mais fofa! A escrita da Alana é muito cativante e com certeza esse livro já está na minha lista!
    Beijos!
    Borboletas de Papel | Fanpage

    ResponderExcluir
  17. AIII MEU CORE
    Não, conhecia esse livro, mas agora tô apaixonada... Genteeee que história mais amorzinho, e essa Yoko?! *O*
    Já foi pra lista!!!
    Bjoos

    Jovem Literário

    ResponderExcluir
  18. Que coincidência Pri, terminei a pouco um livro dela também! Não conhecia a autora, achei o livro bom mas algumas coisas me incomodaram na escrita dela. Veja a resenha lá no blog!
    Quem sabe eu dou uma chance para o Flor de Cerejeira...
    Bjs

    Amor Por Livros
    http://amo-os-livros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir