O Segredo de Emma Corrigan - Sophie Kinsella

4 de dez de 2016



Título: O Segredo de Emma Corrigan
Autor: Sophie Kinsella
Editora: Record
Lançamento: 2004
Páginas: 384

Sinopse:

“Funcionária Júnior da Panther Corporation, uma empresa de produtos energéticos e esportivos com filiais por toda Grã-Bretanha, Emma vai a Glascow participar da reunião de marketing sobre um novo refrigerante, a Panther Cola. O que parecia uma grande oportunidade profissional se transforma num pesadelo. Como se não bastasse ter derramado a bebida num superior, seu voo de volta para casa quase cai. Em momentos de tensão as pessoas fazem as coisas mais estranhas. E Emma Corrigan não é exceção. Acreditando estar a um passo de uma morte trágica, ela conta todos os seus pequenos pecados para o passageiro ao lado. Afinal, qual a probabilidade de vê-lo de novo? Ainda mais com vida?
Mas o destino decide brincar com a protagonista: o avião pousa em segurança e o distinto cavalheiro nada mais é que o fundador e presidente da empresa onde trabalha. E além dos segredos pessoais, Emma abriu o verbo sobre todos os colegas da Panther e suas estratégias para enrolar no serviço. Para recuperar o respeito profissional - e voltar às boas com o pessoal do escritório - Emma se mete nas situações mais inusitadas, quase novelísticas. Mas com as quais todas as mulheres acabam se identificando. ”

O que dizer desse livro. Já faz uns meses que eu ouvi pela primeira vez o nome Sophie Kinsella. Eu já tinha assistido ao filme Os Delírios de Consumo de Becky Bloom inspirado em uma de suas obras e na época gostei muito. De tanto ouvir a Pam falando no canal como essa autora era incrível, mesmo antes de ler alguma obra dela, eu já tinha um carinho todo especial pela Sophie. O Segredo de Emma Corrigan é um livro divertidíssimo. Eu separei o livro A Lua de Mel para ler, mas acabei mudando de ideia, baixei o livro em epub e li pelo celular mesmo.  

“É claro que eu tenho segredos.
Claro que sim. Todo mundo tem. É totalmente normal. Tenho certeza de que não tenho mais do que ninguém.
Não estou falando de segredos enormes, de abalar a terra. Do tipo “o presidente dos EUA vai bombardear o Japão e só Will Smith pode salvar o mundo”. Só segredos normais, segredinhos do dia-a-dia.
Por exemplo, aqui estão alguns ao acaso, que me vieram à cabeça:
 1. Minha bolsa Kate Spade é falsa.
 2. Adoro licor de xerez, a bebida mais cafona do universo.
 3. Não faço idéia do que significa a sigla Otan. Nem do que se trata. 
4. Peso 61 quilos. Não 56 como meu namorado Connor acha. (Se bem que, em minha defesa, eu estava planejando fazer dieta quando falei isso. E, para ser justa, são só cinco quilinhos a mais.) ”

Emma é uma mulher que está perto de completar 30 anos, e ainda precisa se encontrar no âmbito profissional. Ela já trocou de emprego várias vezes, e sempre fica por pouco tempo neles. Atualmente ela trabalha na Corporação Panther, e basicamente só digita comunicados, marca reuniões, pega sanduíches e busca a roupa do seu chefe na lavanderia a seco. Ou seja, está longe de ser o emprego dos sonhos. Ela recebeu uma grande oportunidade e está ciente de que esta pode ser sua única chance de conseguir aquela promoção tão esperada. Ela foi encarregada de fechar um contrato com a empresa Glen Oil, representando a Pather Cola. 
   
Conseguir essa promoção é muito importante para Emma. Ela sente que precisa provar para a família dela que ela tem valor, e que sabe fazer alguma coisa direito. Além do mais, precisa pagar uma boa quantia para seu pai que emprestou dinheiro á ela em um dos seus empreendimentos que não deu certo.

"Avanço na carreira! Ao pensar nisso sinto uma familiar pontada de saudade no peito. Isso mostraria a papai que eu não sou uma fracassada inútil. E a mamãe. E a Kerry. "

Como a sinopse mesmo diz, os planos de Emma não saem como planejado, mas não vou entrar em detalhes para não estragar a diversão. Enfim, enquanto ela espera o voo que a levará para casa, uma das funcionárias do aeroporto se sensibiliza com o péssimo dia que Emma está tendo e a coloca junto com a classe executiva, como uma forma de tentar melhorar o dia dela.

"Uau. Isso é realmente um barato. Poltronas grandes e largas, descansos para os pés e tudo. Vai ser uma experiência completamente prazerosa do início ao fim, digo a mim mesma com firmeza. Puxo o cinto de segurança e o fecho com um gesto casual, tentando ignorar os tremores de apreensão na barriga. "

Apesar de estar usufruindo de todo aquele conforto, Emma não gosta de aviões e fica um pouco nervosa, ainda mais quando sente que o avião está chacoalhando. Nesse momento ela percebe uma necessidade de falar com alguém que a faça se sentir segura, Connor. 

 Connor é namorado de Emma, um cara sensível e amoroso. Além disso, ele é alto, bonito, inteligente, e uma das mentes mais brilhantes da pesquisa de marketing atual, segundo Marketing Week.  Mas assim que pega o celular, uma aeromoça pede para que ela guarde o aparelho. Logo em seguida, ela ouve gritos e a voz do capitão avisando que estão passando por uma turbulência e pedindo que todos apertem os cintos e fiquem calmos.

"Ficar calma? Eu não consigo respirar, quanto mais ficar calma. O que nós vamos fazer? Temos de ficar aqui sentados enquanto o avião corcoveia feito um cavalo descontrolado? 
Ouço alguém atrás de mim recitando “Ave Maria cheia de graça...” e um novo pânico de causar engasgo me domina. Tem gente rezando. É sério.
 A gente vai morrer."

Em meio a tanta confusão ela se vira para o cara ao seu lado e começa a falar desenfreadamente e conta todos os segredos que vem na sua mente. Ela nem percebe  o quanto falou, até que o avião pousa e ela se dá conta de que aquele completo estranho a conhece melhor do que ninguém. Mas o que isso tem de ruim? Nada. Eles nunca mais vão se ver mesmo.
Isso é o que ela pensava. 

Algumas coisas acontecem. Ela chega em casa, vai trabalhar, nada fora do normal, mas um acontecimento em especial vai virar o mundo de Emma de cabeça para baixo. Jack Harper fará uma vista ao local de trabalho dela. Quem é ele? Nada mais, nada menos do que um dos fundadores da Corporação Panther. Quando ele chega e ela ouve sua voz no corredor ela entra em desespero. É o mesmo cara que estava no avião, a mesma pessoa para quem ela contou todos os seus segredos, inclusive do seu ambiente de trabalho.

Não preciso nem dizer que daí para frente eu me diverti horrores. A história vai seguir um rumo bem interessante envolvendo mais personagens que não mencionei aqui, mas que são fundamentais. Confesso que eu estava ficando preocupada com o final porque estava terminando a leitura e nada de ver um desfecho pela frente. Tive medo de que esse fosse um daqueles livros que parece que o autor ficou com preguiça de terminar a história e fez de qualquer jeito sabe. Mas para minha alegria isso não aconteceu.


Gostei muito do final e estou apaixonada pela forma como a Sophie escreve. Ela é uma das minhas autoras preferidas. Espero que vocês gostem do livro, ele é bem escrito e divertido. Já leu alguma obra da Sophie? Me conta nos comentários qual o livro e o que você achou dele.



12 comentários :

  1. Oi Pri, tudo bem??

    Sophia é diva, né? Eu ainda não li, mas já posso imaginar o quanto o livro é divertido. Sempre é bom ler algo assim <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi, é sempre bom mesmo, e com a ela a gente meio que nunca se decepciona né.
      Beijos

      Excluir
  2. Oi, Pri.
    Os livros da Sophia são ótimos, o meu favorito é Fiquei Com Seu Número.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu separei esse livro para leitura desse mês, logo mais vai ter resenha dele aqui no blog.
      Beijos

      Excluir
  3. Oiii Pri! Ameeei a sua resenha, ainda não conhecia a autora e achei maravilhoso esse enredo <3 Bem diferente dos normais e parece ser instigante! Acabei de conhecer o seu blog e adorei, já vi que não vou sair daqui kkkk E já estou seguindo <3

    *Um abraço de urso e uma super beijoka da Hellen*

    Uma Garota Quase Geek | Facebook | Instagram

    Participe do Sorteio de Aniversário do Blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Hellen, que bom que você gostou do blog, seja bem vinda. AS histórias da Sophie são assim mesmo, meio diferentes e engraçadas, ela tem um toque especial.
      Beijos

      Excluir
  4. Oi Pei! Gostaria de ler mias livros da autora, na verdade leio bem poucos livros deste gênero e vou anotar esta dica para conferir em breve. Boa semana.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  5. Oiii Pri!
    Nunca li nenhum livro dessa autora, mas com certeza assisti Os Delírios de Consumo de Becky Bloom. Gostei bastante dessa história, acho que vou me divertir bastante.
    Parabéns pela resenha =)
    E ainda bem que você voltoooooou!
    Beijos!

    Books & Impressions

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raissa, você nem imagina a minha felicidade por ter voltado, não estava me aguentando. Leia sim, e depois me fala o que achou :D
      Beijos

      Excluir
  6. Oi! Eu amo a Sophie e sempre me divirto muito com os livros dela, e nao conhecia esse, mas já estou louca para conhecer Emma. Tenho certeza que ela deve se meter em tantas enrascadas quanto eu.
    Beijo, http://leitoraencantada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá, Priscila.
    O enredo não faz muito o meu tipo, mas realmente parece ser bem divertido.
    Sem dúvidas, uma ótima pedida para quem gosta de livros do gênero.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de dezembro. Serão dois vencedores, dividindo 3 livros.

    ResponderExcluir
  8. Oi Pri! Eu li esse livro e amei. Dei muita risada. A Sophie é maravilhosa.
    Gostei muito do seu blog e já estou seguindo. Se puder, venha conhecer meu Blog e me dê sua opinião.
    bjs

    Pat
    http://leiolivro.com.br

    ResponderExcluir